Riquexós

Versão para impressão

14_riquexos

(Arquivo fotográfico da Casa de Macau) 

O meio de transporte mais usual, até aos finais dos anos 40 do século passado, era o célebre “Riquexó”.

Meio de transporte “violento”, dado ser de tracção humana, entrou em declínio nos finais dos anos 40, quando começou a ser substituído pelos “triciclos” (também de tracção humana, mas de esforço menos violento) e por “táxis-bicicletas” (bicicletas que levavam passageiros no quadro traseiro).

Nesta foto vemos uma “praça” de riquexós, aguardando passageiros.

Actualmente, apenas existem meia dúzia destes veículos que estacionam em frente ao Hotel Lisboa e são usados com fins turísticos.

Texto: Vítor Serra de Almeida

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Qui Nova?!...

INFORMAÇÃO GERAL AOS SÓCIOS

Dado que, até ao prazo limite indicado para apresentação de listas candidatas aos Órgãos Sociais da nossa Casa, não foi recebida qualquer candidatura, fica sem efeito o Acto Eleitoral previsto para o próximo dia 16 de  Dezembro de 2017.
Assim, a solução que vier a ser encontrada, no quadro dos nossos Estatutos e Regulamentos, será comunicada aos nossos associados pelos meios de informação habituais.
Apela-se, novamente, aos sócios, para uma participação activa e interessada nos assuntos da nossa Casa e, assim, constituírem listas para a sua gestão.
O Presidente da Mesa da Assembleia Geral Eleitoral
Vítor Serra de Almeida

Lisboa, 17 de Novembro de 2017.

 

Ler mais...